O que é #TimeDosPovos?
11/05/2018 17:11 em Coluna do Túlio

Salve, Família Camisa 12!

O Corinthians tem estampado o manto sagrado com várias frases, símbolos e nomes em outras línguas. Mas qual a relação disso com o clube? Essa prática tem sido comum nos dias de hoje, mas já foi utilizada outras vezes.

Na década de 80, liderado por Sócrates, Wladimir, Casagrande e Zenon, surgiu o movimento intitulado Democracia Corinthiana, no Parque São Jorge. A ideia era combater as imposições que existiam dentro dos clubes de futebol e na política do Brasil.

O início foi um pouco tímido, mas depois do título paulista, ganhou força e foi abraçado pela Fiel Torcida. Os jogadores passaram a ter voz ativa dentro do clube e mostraram que isso tinha que ser espelho para o país, que passava por momentos difíceis durante a ditadura militar.

O movimento perdeu força com a saída de Sócrates, que partiu para jogar pela Fiorentina, depois que o Congresso Nacional não aprovou a Emenda Dante de Oliveira, que sugeria a votação direta para Presidente da República. Pareceu o fim, mas o ideal ainda sobreviveu dentro dos corações corinthianos mais fiéis ao compromisso do povo a cidadania.

Hoje em dia, vemos várias frases estampadas na camisa do time. Essas frases fazem parte de campanhas realizadas pelo departamento de marketing do clube, que busca interagir e alcançar diversos problemas que acontecem no Brasil. Misoginia, Xenofobia, Racismo, Intolerância de religião e gênero, são termos complicados de se entender, mas a proposta é uma só, compreender e aceitar toda a diversidade e viver em cidadania.

O tema é complicado, mas a Fiel Torcida sempre dá um show, somos brancos e negros, homens e mulheres, católicos e umbandas, patrões e operários. Estamos em todos os lugares, lutamos contra o que está errado, aceitamos todos como iguais, somos o time do povo, seja você quem for, seja bem-vindo à nossa casa, SOMOS O CORINTHIANS.

COMENTÁRIOS
Comentário enviado com sucesso!